O Programa de Pós-graduação em Biologia de Ambientes Aquáticos Continentais (PPG-BAC/FURG) foi implementado em nível Mestrado em 2006 e em nível Doutorado em 2014, atuando na formação de pessoal qualificado em pesquisas em ambientes aquáticos continentais.

 

O Programa de Pós-graduação em Biologia de Ambientes Aquáticos Continentais teve sua origem marcada pela definição da FURG como uma instituição voltada aos ecossistemas costeiros e oceânicos, assumindo uma abordagem moderna da definição de ecossistema, que inclui o homem, e todas as relações sócio-econômicas e ambientais. As pesquisas realizadas no PPG-BAC tem a Planície Costeira do Rio Grande do Sul como principal área de atuação. Este é um ambiente único no Brasil, sendo que algumas de suas características marcantes são a sua formação geológica muito recente, provocada pelas transgressões e regressões marinhas do Pleistoceno e Holoceno, e uma posição geográfica peculiar, que a submete à Convergência Subtropical, e a um clima com forte influência marinha. Ou seja, estas características macroambientais únicas requerem pesquisas que visem o entendimento de todo o mosaico de paisagens aquáticas e áreas continentais adjacentes. A planície costeira do Rio Grande do Sul possui 640 km de extensão, desde a cidade de Torres, extremo norte da região costeira do estado, até o balneário La Coronilla, cerca de 30 km ao sul da fronteira com o Uruguai. Com 37.000 km2, possui 22.740 km2 (61%) de terras emersas e 14.260 km2 (39%) de sistemas aquáticos continentais. Esta grande extensão apresenta duas grandes lagunas (Patos e Mirim) e a maior sequência de lagoas em rosário do Brasil, paralelas à linha de costa.

 

O Programa de Pós-graduação em Biologia de Ambientes Aquáticos Continentais tem como objetivos:

 

Objetivo Geral:

Formar profissional capacitado a desenvolver estudos biológicos em ambientes aquáticos continentais

 

Objetivos específicos:

- Desenvolver pesquisa que amplie o conhecimento e contribua para a conservação da biodiversidade dos ambientes límnicos.

- Desenvolver pesquisas sobre os efeitos das atividades humanas em ambientes aquáticos continentais.

- Desenvolver estudos que subsidiem o aproveitamento sustentável dos ecossistemas aquáticos continentais.

 

Infraestrutura de Ensino e pesquisa do Programa